Sylvia Bandeira fez de tudo um pouco na televisão brasileira: foi jurada, apresentadora, gravou comerciais, programas humorísticos. Depois, se firmou como atriz de reconhecido talento em novelas e mini-séries que se tornaram inesquecíveis na memória de seus inúmeros fãs.

NOVELAS

Balacobaco - Rede Record 2012 - 2013

Direção: Edson Spinello

Escrita por: Gisele Joras

Vidas em Jogo - Rede Record 2011 - 2012

Direção: Alexandre Avancini

Escrita por: Cristianne Fridman

Amor e Intrigas - Rede Record 2007 - 2008

Assista o video.

Autora
Gisele Joras

Diretores
Cesar Rodrigues
Leonardo Miranda
Régis Faria

Direção Geral
Edson Spinello

Veja foto

Vidas Opostas - Rede Record 2006 - 2007
Direção de Alexandre Avancini.
Texto: Marcílio Marques.
Veja foto. Assista o video.

Prova de Amor - 2006
Texto: Tiago Santiago
Assista o video.

Escrava Isaura - 2005
Direção: Herval Rossano

Veja fotos!
Foto 1
Foto 2 - Perpétua com filho Álvaro (Theo Becker)

O Beijo do Vampiro - 2001
Autor: Antônio Calmon
Direção Geral: Marcos Paulo, Roberto Naar
Sylvia Bandeira: Participação Especial como Silvia Nogueira, mulher de Francisco Cuoco.

Um Anjo Caiu do Céu - 2001
Autor: Álvaro Ramos, Antônio Calmon, Eliane Garcia, Lilian Garcia, Márcia Prates e Maria Helena Nascimento
Direção Geral: Dennis Carvalho, José Luiz Villamarim
Sylvia Bandeira: Giovanna era a namorada de Paulo José, numa pequena participação.

Vila Madalena - 2000
Autor: Walter Negrão.
Direção Geral: Roberto Naar e Marcus Alvisi
Sylvia Bandeira: Elvira era a irmã caçula de Ary Fontoura, com quem fez uma dupla engraçadíssima e mãe de Susana Werner.

Suave Veneno - 1999
Autor: Aguinaldo Silva
Direção Geral: Marcos Schechtman, Ricardo Waddington
Sylvia Bandeira: Consuelo foi um personagem que teve uma repercussão muito forte uma vez que mostrava uma mulher madura e independente escolhendo um rapaz mais novo como parceiro com o único objetivo de usá-lo como objeto sexual até morrer.

Zazá - 1997
Autoria: Lauro César Muniz, Aimar Labaki
Direção Geral: Jorge Fernando
Sylvia Bandeira: Dorothy fez parte do trio hilário que formou com seu marido, vivido por Cecil Thiré e a sua secretária/amante (Louise Cardoso).

Quem é você? - 1996
Autor: Ivani Ribeiro, Solange Castro Neves
Direção Geral: Herval Rossano
Sylvia Bandeira: Valentina, uma jogadora que some das vidas de seus filhos e marido (Jonas Bloch) até o dia que volta tumultuando a todos.

História de Amor - 1995
Autoria: Manoel Carlos
Direção Geral: Ricardo Waddington
Sylvia Bandeira: Participação pequena como especialista em antigüidades e amiga de Eva Wilma.

Lua Cheia de Amor - 1991
Autor: Lauro César Muniz
Direção Geral: Roberto Talma
Sylvia Bandeira: Rutinha se apaixona loucamente pelo personagem de Roberto Bataglin e é muito amiga de Kika Jordão (Arlette Salles).

Bebê a Bordo - 1987
Autor: Carlos Lombardi
Direção Geral: Roberto Talma
Sylvia Bandeira: Dinha, personagem casada com Dinho (Paulo Fiqueiredo), mãe de Sininho (Carla Marins) e amiga de Mendonça (Débora Duarte), com quem criou uma dupla impagável pelo contraste.

Roda de Fogo - 1986
Autor: Lauro César Muniz, Marcílio Moraes
Direção Geral: Dennis Carvalho
Sylvia Bandeira: Alice amiga e conselheira do vilão (Cecil Thiré) resolve o problema de Tabaco (Osmar Prado).

Um Sonho a Mais - 1985
Autor: Daniel Más, Lauro César Muniz, Mario Prata
Direção Geral: Roberto Talma
Sylvia Bandeira: Estela (protagonista) junto com Ney Latorraca, Marco Nanini e Fúlvio Stefanini.

COMO APRESENTADORA

Telecine - TV Globo 1983
Quando da estréia deste programa, Sylvia apresentava a ficha técnica e uma pequena sinopse dos filmes.

Telecurso 2º Grau - TV Globo 1979
Fundação Roberto Marinho - aulas de física.

8 ou 800 - TV Globo 1976
Ao lado de Paulo Gracindo, Sylvia participou deste Programa de enorme audiência que era apresentado aos domingos.

Sílvio Santos Diferente - TV Record 1975
Jurada deste programa comandado por Sílvio Santos e dirigido por Eduardo Sidney.

Fantástico - TV Globo 1975
Apresentou alguns quadros.

Antologia Poética - TVE 1974
Direção de Carlos Alberto Loffler
Com o ator Paulo Gracindo Jr.

Concertos para a Juventude - TVE 1974
Ao lado do maestro Marlos Nobre.

PROGRAMAS HUMORÍSTICOS E SHOWS

Chico Anysio - TV Globo 1984
Quadro fixo ao lado de Ítalo Rossi: um dos favoritos criado pelo Chico, em que o bordão do próprio era: "Impsionante", diante das desculpas estapafúrdias de Bertinha quando chegava tarde em casa para seu ingênuo marido Amâncio!

Viva o Gordo - TV Globo 1980/81
Participação em vários quadros.

Planeta dos Homens - TV Globo 1979
Participação em vários quadros.

 

MINI-SÉRIES

Assassinato no Rio - RAI - 1996
Sylvia Bandeira fez uma participação nesta produção italiana, que foi distribuída para canais de TV do mundo inteiro. Além dos estrangeiros do elenco, também participou o ator Jorge Cherques.

Você Decide - TV GLOBO 1995
Protagonizou, junto com o ator Fabio Junqueira, um dos episódios levados ao ar naquele ano.

Decadência - TV GLOBO 1995
Autor: Dias Gomes
Direção: Carlos Manga, Roberto Farias e Ignácio Coqueiro.
Ingra Liberato e Raul Gazolla.

Agosto - TV GLOBO 1994
Autor: José Rubens Fonseca
Direção: Paulo José, Denise Saraceni e José Henrique Fonseca
Direção Geral: Walter Carvalho
Produção: Carlos Manga
Sylvia Bandeira: Laura
Em Agosto, Sylvia Bandeira fez uma cafetina sofisticadíssima da época do Getúlio Vargas. Na casa de Laura, o Senadinho, eram tramados os grandes acontecimentos políticos da era Vargas e um dos freqüentadores era o Senador Vitor Freitas, personagem vivido por Sergio Mamberti.

Quem Ama não Mata - TV GLOBO 1982
Autor: Euclydes Marinho
Direção: Daniel Filho e Denis Carvalho
Em Quem Ama não Mata, Sylvia fez uma participação num dos episódios como mulher do John Herbert. O elenco era encabeçado por Marilia Pêra, Cláudio Marzo e Hugo Carvana.